Atlas das Literaturas, GEPB

Extensa bibliografia, glossário e índice de autores Os géneros literários, a métrica, a estrutura, a descrição, a narrativa, a argumentação, a literatura face ao discurso filosófico, o texto lírico, a literatura e o sagrado, etc. 436 páginas em papel couché especial

Portes Grátis.

Os portes são gŕatis para encomendas acima de 5€
Em stock
SKU
03129
314,24 €

Envio das encomendas em 2 dias Ver mais...

Contacte-nos para mais informação.

Fazemos a primeira troca grátis em 3 dias.

Partilha

Extensa bibliografia, glossário e índice de autores Os géneros literários, a métrica, a estrutura, a descrição, a narrativa, a argumentação, a literatura face ao discurso filosófico, o texto lírico, a literatura e o sagrado, etc. 436 páginas em papel couché especial. Indice: 1 - AS FORMAS LITERÁRIAS Texto e intertexto Os géneros literários Figuras e imagens A tradição retórica greco-ocidental Poética da Índia Antiga Retórica e literatura no mundo árabe O mestre da Língua A literatura de «adab»: uma ética e uma estética Do oráculo ao bobo A métrica O antetexto Os pontos estratégicos do texto A intertextualidade A obra Literária e a sua colocação em abismo Fragmento e totalidade As estruturas da obra A descrição A narrativa A argumentação Conversa e diálogo Estruturas rítmicas A obra poética Formas e subjectividade Estilo e facto de estilo Autobiografia e relato de vida A Literatura epistolar Anagramas e assinaturas O texto lírico A ironia Literatura e realidade A questão do realismo Literatura e valores As retóricas do corpo A literatura face ao discurso filosófico A Literatura e o sagrado 2 - LITERATURAS DA VOZ A expressão vocal Voz e expressão Os simbolismos da palavra A voz e o sagrado Os interpretes Literatura oral e teatralidade As tradições orais Oralidade e memória colectiva A África Zonas culturais e grandes tradições orais Formas e técnicas A Índia O Sudeste Asiático A voz no mundo contemporâneo O folclore A invenção de uma palavra Formas e funcionamento Literatura oral e criação literária Declamações e leituras públicas A Literatura na era dos meios de informação A poesia sonora Meio século de poesia sonora O teatro: uma arte de representação A teatralidade A tradição europeia A tradição oriental 3 - ESPAÇOS DA ESCRITA As civilizações da escrita A escrita e os deuses O ideograma no Ocidente A escritura cuneiforme A escrita chinesa A escrita hieroglífica As escritas amerindias Os alfabetos semíticos Hebraico, a Bíblia Árabe, o Corão A caligrafia corânica O alfabeto grego e a cidade As escrituras do Sânscrito O Japonês: uma escrita compósita Do manuscrito ao impresso Os suportes da escrita O manuscrito Do volumen ao codex, A caligrafia no Ocidente O manuscrito medieval Os princípios da imprensa no Extremo Oriente Aparecimento do livro impresso no Ocidente Livro e o texto no Renascimento Livro no Ocidente moderno e contemporâneo A caligrafia no Extremo Oriente A escrita e a imagem Poesia e pintura na China Literatura e imagem no Japão Texto e a imagem no Império Romano Livro ilustrado no Ocidente Os manuscritos iluminados Emblema Livro ilustrado (séculos xvi-xix), Livro ilustrado (século xx) A infância e o livro Da tipografia expressiva a poesia concreta Literatura e novos meios de informação 4 - FIGURAS DO ESCRITOR Antiguidade O criador e o Inspirado Os mestres do discurso O pandita Poetas e dramaturgos Oradores e historiadores Virgílio político A transmissão do saber na Antiguidade Tardia A Idade Média Os clérigos e os letrados Poetas e fabuladores Os cenáculos poéticos no mundo árabe A literatura árabe medieval A sombra do poder Viajantes e geógrafos Historiadores e cronistas A legitimação da língua vulgar Tempos Modernos A Europa humanista Os escritores combatentes das Igrejas O aparecimento do romance moderno O romance chinês O poeta dramático O espaço teatral, Do letrado ao escritor O escritor homem de sociedade Galante, belo espírito e precioso O Ocidente filosófico Do gosto pela natureza à utopia social A Era das revoluções «Magos» e profetas no século xx, Artistas e videntes Romancistas e folhetinistas Os poetas da modernidade A crise da identidade Literária, O espaço americano Período contemporâneo As vanguardas Romance e a exploração da Linguagem Mito do grande intelectual Compromisso em acção Os escritores do exílio Criação reflexão critica O escritor, artesão das palavras A poesia entre procura e desencantamento 5 - LEITURAS E PÚBLICOS Figuras do Leitor A leitura na Antiguidade A transmissão dos clássicos no mundo Árabe A leitura dos clérigos O leitor na época moderna A Bíblia e os seus leitores Século XIX e o nascimento de um público novo Leitor autodidacta As sociologias da leitura A leitura no mundo árabe e islâmico contemporâneo A leitura no Japão Os gestos da leitura A obra e os seus públicos O público na história: as Literaturas de crise Helenismo e Cristianismo A dispersão do público universitário na Idade Media Nascimento de um público reformado O tempo dos panfletos Os públicos e a Revolução Francesa O público das Luzes A Revolução Francesa vista pela Alemanha Literatura e unidade nacional em Itália, Literatura e revolução na Rússia A atracção do longínquo Literaturas e mestiÇÃgens culturais nas Américas A narrativa de viagem na época moderna Leitor romântico Orientalismo literário Ficção científica: leitores em expectativa A sobrevivência das obras O Literário «deturpado» Os paradoxos, do sucesso A «Lenda Áurea» A propriedade literária A prática enciclopédica A literatura pornográfica Tradução e adaptação A divulgação das obras A adaptação escolar O folhetim A adaptação cinematográfica Um exemplo de adaptação 6 - O COMÉRCIO DA LITERATURA Antiguidade Os locais da escrita no Egipto Antigo A biblioteca grega antiga A circulação dos textos no mundo romano As bibliotecas na China antiga e medieval Idade Média As novas áreas Linguísticas A salvaguarda da literatura antiga no Ocidente As bibliotecas monásticas A vida Literária nas cortes feudais O exito de um tema cavaleiresco: os Nove Bravos A transmissão dos textos na universidade medieval A censura medieval Cultura «popular» e Literatura burguesa Roberto o Diabo As redes do primeiro humanismo O público de Petrarca As bibliotecas principescas A Imprensa e a sua difusão no Extremo Oriente Época moderna A imprensa artesanal A escolha dos textos Os poetas do Renascimento Os poderes face a edição O índex As conjunturas editoriais Cenáculos e academias Nas fronteiras do Livro impresso Era industrial A Europa das nacionalidades As literaturas na era industrial As estratégias editoriais O contrato de edição A Literatura ao encontro do seu público Da cena ao ecrã os locais de representação As revistas Literárias Do gabinete de leitura a mediateca A mundialização das Literaturas Os Prémios Nobel: Literatura e ideologia A evolução do "best-seller" A edição em crise? A Literatura tornou-se um produto? A caminho de novas formas de Literatura?
Mais informação
Código de Barras 4902778916162
Editora Zairol
Páginas 436
Colecção gepb
Escreva a sua própria avaliação
Apenas utilizadores registados podem fazer avaliações. Por favor, inicie sessão ou crie uma nova conta