A Obsessão Antiamericana

A América foi sempre olhada com um misto de inveja e de desprezo por todos os países do mundo, em particular pelos países europeus. E ainda mais desde que, já no século XX, se transformou na única superpotência do planeta, após o descalabro do império comunista. No contexto deste antiamericanismo geral, o que é que se alicerça no conhecimento da realidade, na análise dos factos, e o que é que se explica através da sobrevivência de ideologias fossilizadas, de ressentimentos irracionais, geradores de informações deturpadas e de fobias que decorrem dos fracassos desses mesmos países que criticam sem cessar os Estados Unidos, atribuindo-lhes frequentemente defeitos apenas imaginários? Jean-François Revel já tinha abordado esta questão em Nem Marx nem Jesus, livro publicado em 1970 e que conheceu um enorme sucesso internacional. Compreensivelmente, daí para cá a situação tem vindo a evoluir, em consequência da ascensão dos Estados Unidos a única «hiperpotência» mundial, nos domínios da economia e da estratégia e, em certa medida, também no domínio cultural.

Portes Grátis.

Os portes são gŕatis para encomendas acima de 5€
Em stock
SKU
A Obsessão Antiamericana
5,00 €

Envio das encomendas em 2 dias Ver mais...

Contacte-nos para mais informação.

Fazemos a primeira troca grátis em 3 dias.

Partilha

A América foi sempre olhada com um misto de inveja e de desprezo por todos os países do mundo, em particular pelos países europeus. E ainda mais desde que, já no século XX, se transformou na única superpotência do planeta, após o descalabro do império comunista. No contexto deste antiamericanismo geral, o que é que se alicerça no conhecimento da realidade, na análise dos factos, e o que é que se explica através da sobrevivência de ideologias fossilizadas, de ressentimentos irracionais, geradores de informações deturpadas e de fobias que decorrem dos fracassos desses mesmos países que criticam sem cessar os Estados Unidos, atribuindo-lhes frequentemente defeitos apenas imaginários? Jean-François Revel já tinha abordado esta questão em Nem Marx nem Jesus, livro publicado em 1970 e que conheceu um enorme sucesso internacional. Compreensivelmente, daí para cá a situação tem vindo a evoluir, em consequência da ascensão dos Estados Unidos a única «hiperpotência» mundial, nos domínios da economia e da estratégia e, em certa medida, também no domínio cultural.
Mais informação
Autor Jean-François Revel
Código de Barras 9789722512848
Editora bertrand editora
Páginas 225
Colecção Ensaios e Documentos
Escreva a sua própria avaliação
Apenas utilizadores registados podem fazer avaliações. Por favor, inicie sessão ou crie uma nova conta